Sábado, 16 de Dezembro de 2017 o único semanário da região
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
Por Mauro de Alvarenga Peixoto 05/08/2017 - 22:01:34   |  Atualizado em 05/08/2017 - 22:02:07
 
Temer deu um banho e oposição ajudou
 
Likes:
Shares: 0
Comentários: 0
 
  Curtidas
  Compartilhamentos
 

Pelo menos 263 deputados se viraram de costas para mais de 90% dos brasileiros que esperavam o afastamento do presidente da República. Os deputados votaram sim, e com a vitória do Planalto, o Supremo Tribunal Federal não está autorizado a analisar a denúncia, o que impede Temer de se tornar réu e, consequentemente, de ser afastado do cargo por até 180 dias.


Por isso, Temer transformou 263 deputados em cúmplices de um flagrante filmado, gravado, chipado e televisionado para todo Brasil. Eles não querem sua apuração, e preferiram deixar para 2019, quando o mandato de Temer acaba. Aliás, para esse tipo de parlamentar não há nada melhor do que um presidente fraco, pois assim conseguem tirar do moribundo insepulcro verbas, recursos, nomeações e favores da pior espécie.


A oposição errou


A oposição errou na estratégia, 227 deputados votaram “não” para derrotar Michel Temer, precisavam de 342 deputados votando “sim”. Eles achavam que com 90% de rejeição, teriam número para derrotar Temer. Erraram, subestimaram a força do dinheiro, das emendas, e Temer fez com competência e aptidão, o que Dilma não fez. 


Na verdade, Temer precisava de duas coisas: 1) Ter acima de 171 votos, já que dessa maneira a oposição não conseguiria os 342 votos para derrotar o Relatório do deputado Abi Akel, que pedia o arquivamento da denúncia do Procurador Geral da República;  2) Ter o quórum de 342 deputados presentes.


Temer poderia ter tido os mesmos 263 votos, mas se a oposição tivesse deixado o Plenário, Temer não teria alcançado o quórum necessário dos 342 deputados presentes. Também 2 deputados se abstiveram e 19 não compareceram.


Deputados de Temer também votaram “NÃO”


Depois do presidente ter atingido 171 votos e sabedores, portanto, que a oposição não conseguiria mais alcançar o número necessário para derrotá-lo, vários deputados seus aliados podem ter votado no “não”, uma vez que o seu afastamento estava pelo menos adiado, e assim conseguiam estar bem com seus eleitores votando no “não”. Ali, o deputado mais bobo conserta relógio no escuro e com luva de box.


 

 
TAGs  
| |
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
Comente  
 
 
Notícias Relacionadas
     
PLANETA COLABORA - RIO DE JANEIRO
Visitantes nada inconvenientes
 
 
LIVRO - MIGUEL PEREIRA
A verdadeira meditação é o amor!
 
 
veja mais...
 
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
 
Jornal Regional    
Editora Panorama Real Ltda ME    
CNPJ: 21.153.071/0001-02    
     
 
 
Copyright© 2017 - Todos os Direitos Reservados | Proibida a reprodução total ou parcial do conteudo do Jornal Regional para fins comerciais Desenvolvimento: Desenvolvido por RG7 Designer