Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017 o único semanário da região
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
Por Redação 27/05/2016 - 17:19:36   |  Atualizado em 27/05/2016 - 22:54:25
 
Reciclagem de pneus: Conheça o piso de pneu reciclado
Miguel Pereira já fez sua parte
 
Likes:
Shares: 14
Comentários: 0
 
  Curtidas
  Compartilhamentos
 
 

Piso feito de pneus inservíveis | Foto: Internet |

Os pisos de pneu reciclado se tornam uma alternativa sustentável no combate ao descarte incorreto do material


Grande problema dos aterros sanitários; os pneus demoram anos para se decompor. Estima-se que pode chegar a até 600 anos. Além do potencial para a reprodução de doenças, o material também pode afetar o lençol freático, proporcionando problemas com os rios mais próximos e consequentemente com os animais, e trazer riscos de incêndio. Para combater esse problema, que cresce cada vez mais com o aumento do número de carros nas ruas, algumas empresas estão tomando medidas que visam a reciclagem de pneus. Existem dois tipos de pneus usados: os inservíveis e os que podem ser reutilizados pela tecnologia conhecida por remold, processo que transforma os velhos em novos e faz um reaproveitamento das carcaças.


As carcaças inservíveis de pneus estão tendo uma utilização em uma nova modalidade de aproveitamento, criada pela indústria. Surgiu no mercado e logo foi aproveitado em piso de borracha, e normalmente utilizado em playgrounds e em ambientes direcionados às crianças. O processo vem ganhando espaço e já é visto como uma alternativa para cimento, pedra e madeira. Algumas academias, estúdios de som, canis e hospitais já estão experimentando o novo tipo de piso. Isso porque são locais de grande circulação de pessoas e as placas de borracha são bastante resistentes e duráveis. Além disso, algumas cidades contam com o material nas calçadas e nas ruas principais, onde o comércio prevalece, para facilitar a vida dos pedestres.


Os benefícios, no entanto, vão além da resistência. Fáceis de manusear, instalar e limpar, os pisos de pneu não quebram nem soltam lascas. O material também não permite o desenvolvimento de fungos e nem danifica o meio ambiente, já que é feito 100% de borracha e é considerado drenante, o que permite a passagem da água, colaborando com a permeabilização do solo. A alternativa ecologicamente correta ainda conta com um aspecto decorativo que agrada, já que está disponível em várias cores e formatos. O tamanho e a espessura variam de acordo com a finalidade. No caso de calçadas, citado acima, por exemplo, a espessura deve ser maior.


Entenda o caso


Para um pneu se tornar piso é preciso separá-lo dos demais resíduos. Por isso, alguns fabricantes, em parceria com cooperativas de reciclagem, instalaram mais de 700 postos de coleta em todo o Brasil. Depois de separados, eles são triturados e passam por um processo de mistura para que as placas sejam feitas. Cada metro quadrado de placa de borracha utiliza cerca de três pneus.


Miguel Pereira


Segundo o ex-secretário de Meio Ambiente, Mauro Peixoto, “em 2010 fiz o convênio com a Associação Nacional da Indústria de Pneus e a cada carga que a Secretaria (em parceria com a Secretaria de Saúde) completava, eles vinham com uma carreta pegar os pneus sem qualquer ônus para a Prefeitura. Essa carga variava de 1.000 a 2.000 pneus, dependendo do tipo, e tinha vezes que me ligavam perguntando se tínhamos pneus (rsrsrs). Eles eram usados na fabricação do asfalto borracha, cuja demanda vem crescendo desde lá. Também sugeri ao Ministério Público Federal que as calçadas do Bairro Estância Aleluia fossem feitas desse material, já que eles tinham uma verba de 10 milhões de reais para urbanizar todo o bairro, em função do vazamento de combustível ocorrido na década de 80 e a opção era o uso de materiais ecológicos” concluiu o ex-secretário.

 
TAGs  
| piso de borracha | pneu | inservível | Miguel Pereira |
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
Comente  
 
 
Notícias Relacionadas
     
LIVRO - MIGUEL PEREIRA
A verdadeira meditação é o amor!
 
 
FESTA RELIGIOSA - MIGUEL PEREIRA
Festa de N. S. da Glória, sucesso absoluto!
 
 
veja mais...
 
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
 
Jornal Regional    
Editora Panorama Real Ltda ME    
CNPJ: 21.153.071/0001-02    
     
 
 
Copyright© 2017 - Todos os Direitos Reservados | Proibida a reprodução total ou parcial do conteudo do Jornal Regional para fins comerciais Desenvolvimento: Desenvolvido por RG7 Designer