14 já estão presos e 7 estão sendo procurados

40 quilos de entorpecentes, 2 carros, armas, celulares, etc.

26/03/2016 Policial

Com cinco meses de investigações, a 96ª Delegacia de Polícia de Miguel Pereira, comandada pelo delegado Claudio Nascimento, teve início, às 5:30 da manhã do dia 23/3, a operação Muralha, com 21 mandados de prisão, busca e apreensão. Até o fechamento dessa edição, a operação já tinha apreendido: 39,5 kg de entorpecentes, 2 carros, armas, computadores, e celulares.

 

Dos 21 mandados de prisão, 11 já foram cumpridos e estão presos, os demais estão sendo procurados na casa de parentes e amigos. A operação não tem hora nem dia para terminar, segundo o delegado “a quadrilha é grande, na faixa etária entre 30 a 40 anos, com muitas ramificações em vários municípios e por isso a operação só vai terminar quando o último mandado de prisão for cumprido, queremos fazer uma limpa no tráfico de drogas da região e a operação de hoje foi um duro golpe. Nossas investigações vão continuar”, disse Dr. Cláudio da 96ª DP.

Ainda segundo o delegado, os traficantes traziam a droga de carro, do Rio, e hoje eles vem agindo de forma profissional, usam estabelecimentos comerciais como fachada e ponto de distribuição da droga, esse é o caso do preso Márcio Silvara da Conceição que tem um bar em Arcozelo, e Maria Camila da Silva Teodosio que tem um salão de beleza, ambos estão presos e já foram transferidos.

 

A operação Muralha teve o apoio das Delegacias dos municípios de Vassouras, Valença, Mendes, Paulo de Frontin, Rio das Flores, Barra do Piraí, Mangaratiba, Angra dos Reis e Volta Redonda.