Homicídio duplamente qualificado em Miguel Pereira

Crime aconteceu em Arcádia, e segundo a polícia, por causa de um saco de salsichas

16/04/2016 Policial

Policiais da 96ª DP - Miguel Pereira,  após investigações, e através da equipe comandada pelo delegado Claudio Nascimento, deram cumprimento ao  mandado de prisão temporária, expedido pela juíza da Comarca, contra Bruno Reis da Silva Pereira pelo homicídio duplamente qualificado (motivo fútil e meio que impossibilitou a defesa da vitima) e ocultação de cadáver de Luís Felipe Xavier. Bruno foi preso em casa. Após o encontro do cadáver da vítima, diligências foram realizadas por investigadores da  Delegacia Policial de Miguel Pereira que apontaram Bruno como autor, e vizinho do ex-cunhado Luís Felipe, de 29 anos (vítima).

Segundo agentes da delegacia, o autor confesso já havia ameaçado a vítima de morte e a agredido  anteriormente, quando chegou a quebrar a sua perna. O motivo do crime seria o furto de um saco de salsichas e arrombamento da porta de sua casa,  praticado por Luís Felipe. De acordo com a polícia, o autor disse ter esperado a vítima próxima à sua casa e o agredido com um pedaço de pau. Após o desfalecimento, o autor foi à sua casa pegar uma faca, tendo atingido por diversas vezes o pescoço da vítima. O corpo foi encontrado dentro de uma valão, na Rua Catarina Pereira Terra,  junto ao Rio Santana, no Bairro Arcádia, em Miguel Pereira, onde foi escondido por Bruno Reis da Silva, com dezoito anos de idade. Surpreendeu os agentes da polícia a frieza e insensibilidade do homicida, que bem mais forte que a vítima, a conhecia desde criança.