1,5 milhão de investimentos para o HUSF, através de emenda liberada pelo Ministério da Saúde

Autor da emenda, deputado Júlio Lopes, visitou o hospital na sexta-feira e anunciou que mais investimentos virão de Brasília

01/07/2016 Ensino universitário

Boa notícia para o principal hospital de Vassouras e região: o Ministério da Saúde já disponibilizou os recursos previstos em uma emenda ao Orçamento da União para serem investidos em equipamentos e melhorias no Hospital Universitário Sul Fluminense. Autor da emenda, reivindicada em 2015 pela vereadora Rosi Farias (Partido Progressista), o deputado federal Julio Lopes (Partido Progressista) anunciou a liberação da emenda durante visita à Fundação Educacional Severino Sombra, mantenedora do HUS, na sexta-feira, dia 24.

 

Criado para ser um instrumento na formação dos estudantes de Medicina da Universidade Severino Sombra em 1972, faz tempo que o HUSF é o principal responsável pelo primeiro atendimento de moradores de Vassouras e boa parte dos municípios do Centro Sul Fluminense e até de cidades da região metropolitana do Rio de Janeiro. Em tempos de crise na saúde pública, o hospital vem operando até acima da capacidade, por conta de uma grande demanda de municípios da Baixada Fluminense.

Em sua visita a Vassouras, Julio Lopes foi recebido pelo presidente da Fusve, Marco Capute, e pela vereadora Rosi Farias . Ele esteve na presidência da entidade, na antiga estação ferroviária, e visitou as instalações do HUSF, acompanhado por Capute, Rosi, e gestores do hospital, como o superintendente Cláudio Guimarães e a diretora administrativa Denise Selento. Julio Lopes anunciou também que outra verba solicitada por Rosi Farias está próxima da liberação: serão mais 700 mil reais em investimentos para o HUSF. Para a vereadora Rosi Farias, investir no HUSF é investir na qualidade da saúde oferecida não só aos vassourenses, mas aos moradores da região. “Acho que é consenso hoje a importância do HUSF para a saúde de Vassouras e região. É impressionante o trabalho que é feito no hospital, do pronto-socorro à média e alta complexidade. Como parlamentares, precisamos buscar investimentos públicos que possam ajudar a garantir este atendimento de qualidade. Fico muito feliz de ter um parceiro na vida pública como o Julio Lopes, que sempre atende às nossas reivindicações”.

Marco Capute lembrou da recuperação do hospital nos últimos anos e classificou Julio Lopes como “amigo de Vassouras”. O presidente da Fundação afirmou também que esteve em Brasília e se encontrou com o ministro da Saúde do governo interino, indicado pelo Partido Progressista, em reunião agendada por Julio Lopes. “Amigo de Vassouras, Julio Lopes é muito bem articulado em Brasília, vice-líder do governo Temer. Me reuni com o Ricardo Barros em um encontro agendado pelo Julio e ele me acompanhou na reunião. Tenho certeza que esse encontro vai permitir mais investimentos no HUSF”, afirmou.

 

Em seu discurso, Julio Lopes elogiou a gestão de Capute à frente da Fusve e ressaltou a sua importância para a recuperação administrativa do principal hospital da região. “Nós todos sabemos o momento difícil que esta instituição viveu. Temos de reiterar sempre a importância da competência do Capute para a gestão positiva que o HUSF tem hoje. Não tenho dúvidas que o hospital hoje é referência não só na região, mas em todo o estado do Rio de Janeiro. Eu não posso deixar de apoiar um trabalho tão importante para Vassouras e todo o estado. Contem sempre comigo”.