PR faz convenção e confirma André e Pedro Paulo, vice

Em clima de POP STAR, PR escolhe André Português e Pedro Paulo (PSB)

05/08/2016 Eleições 2016

Em clima de “pop star” foi realizado no Quinzão a convenção do Partido da República que confirmou a pré-candidatura de André Português com o advogado Pedro Paulo (PSB) na vice, e mais o PTB, PHS, PSD, PRP, PTdoB, PRTB e PTC. Ao todo, segundo o candidato, “as coligações estão lançando 90 candidatos a vereador”. A coligação conta com os vereadores de mandato: Sinho, Roberto Pitanga, Domi, Zé Renato, Kiki e Tuba.

André quer eliminar o Poder da Câmara de Vereadores

Com promessas de apoio político, financeiro e cargos no primeiro, segundo e terceiro escalão da prefeitura, o pré-candidato a prefeito pelo PR, André Português vem buscando fazer um grupo de Partidos como o PSB, PSD, PTB, PR. Provavelmente o ex-governador Anthony Garotinho vem trabalhando nos bastidores e dando suporte e sustentação para garantir não só “condições” eleitorais ao seu candidato, mas também eliminar adversários que tenham chances de chegar a Câmara de Vereadores, ou chegar por seu intermédio e ajudando a fazer coeficiente eleitoral para eleger seus candidatos, ou não chegará, uma vez que a direção municipal tem mudado de mãos, e nesse momento os candidatos não podem mais escolher outra agremiação política.

PCdoB de Gilvan Cabral

André atraiu o PCdoB, presidido por Gilvan Cabral que nas últimas eleições para vereador teve 8 votos, com promessa de quatro cargos no seu governo e apoio financeiro do ex-governador Garotinho ao candidato do PCdoB a prefeito em Paty do Alferes. O PCdoB tem Mauro Peixoto, que já ocupou vários cargos de secretário municipal como o de Meio Ambiente na gestão Roberto de Almeida; secretário de Obras e secretário de Transportes já na atual gestão. Para Mauro Peixoto e era o único que tinha chances de se eleger, mas com a decisão do Partido de se coligar com o PR de André, e já declarou que dessa forma não será candidato, “na última eleição votei no André, mas pelo que estamos vendo, não quero participar do que vem por aí, não será bom para a cidade” disse Mauro.

O PRP e a perseguição ao vereador Tuba 

O vereador Tuba foi eleito pelo PR do André Português que desde a campanha e o início do mandato vem travando uma luta interna com André. Quando a lei autorizou, o vereador Tuba mudou de partido e decidiu ir para o PRP. Entretanto o desejo de tirar a vaga de Tuba é tão grande que André Português foi “buscar” o PRP para sua campanha, fazendo com que Tuba ou não seja candidato ou tenha que ser na coligação que convier à André e seu grupo, provavelmente coligará com o partido de Roberto Pitanga. Se a coligação fizer um vereador, será Pitanga o eleito e não Tuba. Segundo informações dentro do Partido o candidato o pré-prefeito do PR quer dar a direção estadual, dizem que chega a 70 mil reais, mas o candidato nega veementemente que essa “ajuda” seja verdade. Não se sabe se cargos foram oferecidos ou negociados.

O PRB - André Português tentou, mas PRB coligou com PP

Outro partido que André tentou fazer enorme pressão para ter ao seu lado foi o PRB que é presidido no município pelo secretário de Saúde, Dione Caruzo e braço direito do prefeito Cláudio Valente, que inclusive é filiado ao PRB. No partido está Sobral um campeão de votos e que tem todas as chances de chegar a Câmara de Vereadores e André o considera um “desertor” por ter saído de sua órbita e ter feito parte do atual governo. Os filiados do PRB se reuniram, na sede do partido, ao lado do Banco do Brasil, e através de cédula, a maioria dos filiados do PRB externaram o desejo de apoiar o candidato Roberto de Almeida. O coordenador do PRB na região, André Esteves, esteve reunido com o ex-prefeito e pré-candidato a prefeito do PP, Roberto de Almeida, que entrou na disputa e deseja o Partido, seus candidatos e filiados em sua campanha.