Jogos Estudantis ? que saudades!

Criados em 1972 pelo professor José Sylvio Gomes

08/10/2016 Regional Sports

O ano era 1972, o presidente do Miguel Pereira Atlético Clube era Fructuoso da Fonseca Fernandes e o Diretor de Esportes era José Sylvio Gomes. Pelo fato de ter estudado no Colégio Anglo Americano e ainda muito jovem, adquiriu experiências, assim como também através da organização dos Jogos Infantis e Primavera do Jornal dos Esportes. Em determinada época, teve a idéia de realizar os I Jogos Estudantis de Miguel Pereira, e naquele primeiro ano, com muita dificuldade das escolas locais, conseguiu a participação de apenas 3 colégios: Centro de Formação Profissional – SENAI, CNEC Professora Adalíce Soares, CNEC Professor Miguel Pereira, pois na época os Colégios Estaduais só possuíam o antigo Ensino Primário.

O vencedor geral foi o Centro de Formação Profissional – SENAI, e a Pira Olímpica foi acesa pelo aluno daquele educandário, Cláudio Leite Gomes (Querosa). No encerramento das competições, foi eleita a primeira Rainha dos Jogos, Maria das Graças Proença (Gracinha).

Devido às dificuldades iniciais das escolas, o professor José Sylvio Gomes, que já tencionava residir em Miguel Pereira, resolveu que as competições voltariam a ser disputadas após a mudança.

Os II jogos foram realizados em 1983, já incluindo colégios de Paty do Alferes.

Os Jogos Estudantis foram realizados por 16 anos, e com o crescimento dos mesmos, o criador dos Jogos (José Sylvio Gomes) convidou para assessorá-lo as senhoras Maria Luíza Gomes Ribeiro (Dona Luizinha), Sônia Vilela, Professor André Irineu, Kirino, Dr. José Antônio Gomes Rodrigues, e os jovens Alessandro Memé e Felipe Gomes.

Para dar um maior desenvolvimento aos Jogos, foram convidados os Colégios de Vassouras, Valença, Três Rios, Engenheiro Paulo de Frontin e Mendes. Da nossa cidade, o SENAI (com maior número de títulos), Antônio Fernandes, Adalíce Soares, Professor Miguel Pereira, Álvaro Alvim, Vera Cruz, Nathanael dos Santos, CEPE, Edmundo Soares,Gov. Miguel Couto Filho (Praça da Ponte) e Espaço Educação. De Paty do Alferes, Edmundo Peralta, Ribeiro de Avelar, José Eulálio de Andrade.

Os Jogos sempre foram apoiados pela Prefeitura Municipal, exceto o primeiro e o último, que contaram com o apoio do Miguel Pereira Atlético Clube.

Os fins de semanas e feriados povoavam as quadras e a piscina do MPAC, e deixaram saudades até hoje em todos que tiveram o prazer de participar das competições durante todos aqueles anos.