Ela ligou para o 190 e pediu uma pizza?

Mulher apanhava toda vez que o namorado bebia. Uma história verídica.

28/10/2016 Violência Doméstica

Sem dúvida, os atendentes do 190(Polícia) já ouviram de tudo nessa vida, mas mesmo o mais experiente deles não podia esperar uma ligação como essa. Primeiro, pareceu que a pessoa do outro lado da linha era completamente louca. Ela ficava pedindo uma pizza grande de pepperoni! Mas então o atendente sacou o que estava acontecendo.

Quem compartilhou essa história foi Carlos, atendente do 190, que disse que nunca esquecerá essa ligação.

- 190, qual é a emergência?

- Rua Principal, 123.

- Ok, o que está acontecendo?

- Queria pedir uma pizza. (ah, que ótimo, mais um trote).

- Senhora, isso aqui é o 190.

- Sim, eu sei. Gostaria de uma pizza grande, meia pepperoni, meia champignon e pimentão.

- Hummm… Desculpe, a senhora sabe que ligou para o 190, certo?

- Sim. Quanto tempo demora para chegar?

- Tá bom, senhora, está tudo bem por aí? Tem uma emergência acontecendo?

- Sim, tem.

- E não pode falar porque há outra pessoa aí com a senhora? (o momento em que ele percebeu)

- Sim, isso mesmo. Quanto tempo demora?

- Tenho um policial a cerca de dois quilômetros da sua localidade. Tem armas na sua casa?

- Não.

- Pode ficar na linha comigo?

- Não. Até logo, obrigada!

- Quando fomos atender ao chamado, verifiquei o histórico do endereço e vi que já havia outros chamados de violência doméstica. O policial chegou e encontrou um casal, uma mulher machucada e seu namorado bêbado. O policial o prendeu, após a moça explicar que ele já batia nela fazia um tempo.

- Ela foi muito esperta em usar esse truque. Definitivamente um dos chamados mais memoráveis.

Foi bom ela ter pensado rápido e poder contatar o serviço sem que o namorado desconfiasse. Que mulher inteligente!