Faculdade de Direito começa a sair do papel

Vistoria inicia hoje

14/07/2017 Ensino universitário

As Faculdades Integradas de Miguel Pereira – FIMP, pertencentes à Universidade Severino Sombra, que funcionará na cidade, inicialmente com os cursos de Direito e de Gestão Pública, começa a sair do papel nesta sexta-feira com a primeira vistoria do local, no prédio anexo à Faetec da cidade.

Em uma semana apertada e com decisões que avançaram muito, o prefeito esteve reunido no Ministério da Educação, e já de volta, marcou uma reunião para acertar os detalhes da vistoria. André se reuniu com a comissão que dará início à implementação da faculdade. Além do prefeito André Português, estão na comissão a subsecretária de Obras, Renata Pereira, subsecretária de Educação, Liliane Doro, o secretário de Governo, Vitor Hugo Vieira, Marco Antônio Soares, reitor Carlos Eduardo, pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação Jorge Henrique, gerente de Infraestrutura Claudio Megui, superintendente de Saúde e Infraestrutura Paulo Montmor, arquiteto Gustavo Amaral vice-presidente da Fundação, onde decidiram pontos para as faculdades de Miguel Pereira.

Já nesta sexta-feira, a equipe do prefeito André Português recebeu na cidade o grupo da Fundação Severino Sombra para uma avaliação do local onde será implementado a primeira Faculdade de Miguel Pereira. Os cursos iniciais oferecidos serão o de Direito e de Gestão Pública, abrindo portas para a implementação, futuramente, de novos cursos em nível superior.

A vistoria feita tem como objetivo a liberação e implantação das salas, adequação do prédio, biblioteca e toda a infraestrutura necessária que o MEC exige.

"Termino a semana com esta notícia para a população. Sem educação, não há como a cidade evoluir. Trouxemos a FAETEC e agora, estou trabalhando para que, em breve, nossos alunos possam cursar uma faculdade em nossa cidade, sem ter que andar quase 200 km por dia para obter um diploma de Direito!", disse o prefeito André Português.