Prefeito Juninho Bernardes regulariza Paty do Alferes junto ao Tesouro Nacional

O CAUC é como se fosse o SPC das prefeituras

Ter o nome limpo é uma das exigências para quem precisa conseguir crédito na praça. Para as prefeituras não é diferente, e todos os governos municipais que buscam recursos de verbas voluntárias de políticos ou de outras instâncias governamentais, como Estado e Governo Federal, precisam estar com o nome limpo no Sistema Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias – CAUC. Depois de anos com o nome “sujo” no Sistema Tesouro Nacional, o prefeito Juninho Bernardes conseguiu regularizar, em apenas sete meses, a situação da Prefeitura de Paty do Alferes.

O CAUC é como se fosse o SPC das prefeituras. Com nosso município irregular neste sistema, era difícil conseguir recursos para nossa cidade. Exigiu um enorme trabalho da nossa equipe de contabilidade, da Secretaria de Fazenda e do Controle Interno, ainda mais com a existência da dívida de mais de R$9 milhões deixada pela gestão anterior, mas conseguimos limpar o nome da cidade. Agora, eu e meu vice Arlindo Dentista podemos lutar para conseguir mais transferências que tragam melhorias para os patienses”, destaca o prefeito Juninho Bernardes.

O CAUC avalia a regularidade financeira do município, assim como outros quesitos como prestação de contas, pagamentos de tributos, regularização previdenciária e obrigações constitucionais, como gastos mínimos em saúde e educação. “Conseguir limpar o nosso nome é uma vitória. Pois esse sistema avalia critérios como pagamentos de tributos e negociação de dívidas. Ele mostra nosso empenho em reconstruir Paty com responsabilidade e transparência”, explica o prefeito Juninho.