Jorge e Adriana Doces Foleados

Produzem mais de 2.500 doces por mês

Sucessor do Nem doceiro, de Portela, (filho do seu Jorge da Brasília amarela que ficava em frente ao Bramil), Jorge aprendeu a arte dos doces folheados com Nem que além de ensinar os truques dessa divina arte da culinária, lhe passou todo o maquinário necessário para a produção. 

Jorge e Adriana, sua esposa, produzem e vendem mais de 2.500 doces por mês. "Um dos segredos e do sucesso dos foleados, é que eles são feitos todos os dias, por isso, são sempre fresquinhos, poderíamos fazer uma quantidade grande e depois sair vendendo, mas desse jeito não conseguiríamos garantir que eles estivessem sempre fresquinhos, como Nem do Doce me ensinou, e é assim que vamos continuar a tradição" disse Jorge. Jorge e Adriana atendem festas e casamentos, maiores informações no (24) 98104.2036.