Vassouras ganha Projeto de Proteção aos Animais

Projeto de castração e orientação em saúde pública e meio ambiente foi conquistado após solicitação da vereadora Rosi Farias ao deputado André Correa

03/04/2018 Ensino universitário

Na última sexta-feira, 16, a vereadora Rosi Farias (PP) recebeu a equipe da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) para participar da apresentação do projeto Ambiente Animal. A reunião ocorreu na Câmara Municipal e teve também a participação da secretária municipal de Saúde, Sirlene Silva, do coordenador do Mestrado do curso de Veterinária da USS, Gustavo Gomes, da professora Marcia Torres, do gerente de Projetos da Secretaria do Ambiente (SEA), Cesar Becker, da articuladora institucional, Tatiana Nunes, e da coordenadora do projeto, Rita Mendes.

O objetivo da ação, segundo a equipe da SEA, não se limita apenas ao ato da castração e do controle populacional. O objetivo é a conservação da Fauna e sua Biodiversidade através de um trabalho de sensibilização e orientação dos tutores e protetores de animais domésticos e em situação de rua. O que se planeja é a capacitação e conscientização para se abordar temas sobre Saúde Pública e Meio Ambiente, tudo relacionado aos animais, principalmente cães e gatos.

Já há alguns movimentos de forma individual de pequenos grupos que, através de ONGs, vêm ajudando a amenizar o sofrimento dos animais. Já há ajuda com alimentação, proteção, atendimento médico e em eventos de adoção. E esse projeto vem somar para que, em breve, Vassouras se torne referência em proteção animal.  

A vereadora Rosi Farias destacou que apenas castrar os animais não resolveria o problema. A solicitação do projeto ?Ambiente Animal? que ela fez ao deputado André Correa em fevereiro irá chegar em um bom momento à Vassouras.

O deputado encaminhou a solicitação da vereadora ao presidente do INEA, que prontamente atendeu o seu pedido, encaminhando a equipe ao município.   

 ?Venho atuando na defesa e proteção dos animais há muito tempo através de Leis e apresentação de emendas no orçamento municipal. Entendo a aflição das pessoas por soluções rápidas, mas era preciso trazer um projeto completo que ajudasse, de fato, nossos animais, seus tutores e protetores. Conseguimos o projeto Ambiente Animal. Estou muito feliz com isso, pois tenho certeza que agora há algo mais consistente na nossa cidade que vai proteger de fato os animais?, destacou a vereadora.

O projeto Ambiente Animal, desenvolvido pela SEA/INEA, será executado através da Fundação Viva Rio, com recursos da Compensação Ambiental, e conta com o apoio também da Prefeitura de Vassouras e da Universidade Severino Sombra. Os estudos foram desenvolvidos considerando que cães e gatos podem atuar diretamente para o desequilíbrio ambiental (através da competição de habitat e caça), e também ser foco de transmissão de doenças.

A previsão é de que o projeto chegue à Vassouras no final de maio e fique no Município por pelo menos dois meses:

?No primeiro momento, nossa equipe, com o apoio do município, irá atuar no cadastramento dos animais, em um trabalho porta a porta. Também vamos convidar os protetores para nos ajudar com o cadastramento dos animais em situação de rua. Em seguida, vem o trabalho de orientação e sensibilização sobre Saúde e Ambiente, para então fecharmos o projeto com a cirurgia de castração e a adoção?, explicou Rita Mendes, bióloga da secretaria de Estado do Ambiente e coordenadora do projeto.

Com o apoio da Universidade Severino Sombra, Rosi Farias também conta com a adesão de mais parceiros para a execução do projeto.

?Este foi um primeiro momento. Venho defendendo há muito tempo que a união de todos traz melhores resultados para a sociedade. Temos que estar juntos com quem gosta de Vassouras. Em breve vamos convidar os tutores, que desenvolvem um grande trabalho em Vassouras, e outros parceiros para contribuir com sua experiência e sugestões na execução do projeto em nossa cidade?, concluiu a vereadora.