Sebrae levou quatro cachaças, padrão exportação, para o Festival do Vale do Café

As marcas estiveram disponíveis para degustação e venda no espaço Café do Vale no Centro de Vassouras

06/08/2018

O Sebrae participou do Festival do Vale do Café, que encerrou dia 29 de julho, divulgando quatro marcas premiadas em concursos nacionais e internacionais, sendo três delas da região Sul Fluminense e uma da região Norte do estado. Esta participação teve a parceria da Apacerj - Associação de Produtores de Cachaça do Estado do Rio de Janeiro. O espaço "Café do Vale", montado em Vassouras, foi o ponto de encontro para o público, que pôde degustar e adquirir as cachaças dos produtores selecionados.

As micro e pequenas empresas do Estado do Rio de Janeiro, produtoras de Cachaças de Alambique, contam com o apoio do Sebrae, que desenvolve um projeto com objetivo de fortalecer os negócios desses empreendimentos e, consequentemente, o setor de bebidas especiais do Estado do Rio de Janeiro.

Atualmente, o estado tem 65 empresas legalizadas no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, condição legal para produzir e colocar os produtores no mercado. Dessas, em torno de 70% receberam apoio do Sebrae para o processo de legalização do negócio. Hoje, a instituição apoia, aproximadamente, 20 empreendimentos que estão em fase de legalização. O projeto também incentiva a formação de organizações associativas: Hoje existem três associações regionais e uma estadual. Também atua para o fortalecimento de polos regionais, como os de Paraty, Agulhas Negras e Vale do Café, sendo essa última em parceria com o governo estadual. Ainda apoia as certificações, participação em feiras do setor e ações de exportação.

 

As marcas selecionadas:


Cachaça Werneck

Produzida em Rio das Flores.


Cachaça Vieira e Castro

Produzida em Rio das Flores.

 

Cachaça Magnífica

Produzida em Miguel Pereira.

 

Cachaça Tellura

Produzida em Campos.