Fazenda Santa Rosa organiza a 6ª Legends do Motocross da década de 70

Fazenda recebeu os pioneiros do motocross carioca

03/05/2019 Regional Sports Edição 240

Pelo 6º ano consecutivo a Fazenda Santa Rosa recebeu o encontro dos pioneiros do motocross que lançaram, no estado do Rio de Janeiro, o motocross que encantou muitas gerações. Vários campeões saíram das corridas organizadas na pista, que foi o berço do motocross carioca, na tradicional Fazenda Santa Rosa, e outros tantos campeões paulistas, mineiros vieram correr na pista pioneira do Rio.

Assim, o evento ocorreu no dia 27/4, e teve como anfitriões, Glorinha e Ninô Paim, do 6º Legends Motocross Fazenda Santa Rosa. "O evento é maravilhoso, e a cada edição, fica melhor, disse um dos participantes que esteve em todas as seis edições.

Todos os anos, o evento é realizado com a contribuição, voluntária, de todos os participantes. "Gostaria de agradecer a Prefeitura de Paty do Alferes pela força disponibilizando a grade para a pista e principalmente a Ambulância para a segurança dos pilotos" disse Ninô.

A 6° edição foi um sucesso, reuniu grandes feras do motociclismo carioca das décadas de 70 e 80 e também contando com a presença da nova geração e pessoas que amam as duas rodas! Entre os jovens pilotos das décadas de 70/80, hoje se encontra advogados, médicos, jornalistas, juiz, empresários, engenheiros, servidores públicos, entre tantos.

Dentre eles, Fausto Macieira por exemplo, é jornalista, advogado, e foi piloto dessa época. Atualmente é jornalista do canal esportivo SporTV onde comenta e transmite as corridas do campeonato mundial de motovelocidade. Augusto Haddock Lobo, um dos campeões da época, conhecido como "alemão" da moto 45, hoje se dedica ao tradicional escritório de advocacia trabalhista, mas ainda pilota nas horas vagas dos fins de semana. Mário Calcia é outro advogado que teve a vida marcada pelo motocross e um dos pilotos mais antigos. João Mendes com seu programa esportivo, começou nas pistas de motocross da Fazenda Santa Rosa e da Ramada, em Miguel Pereira.

No evento desse ano teve a participação de Dom Francisco de Orleans e Bragança, herdeiro do Ramo Dinástico de Vassouras da Família Imperial Brasileira, um aficionado pelo esporte, além do prefeito Severino Dias de Vassouras, prestigiando esse evento anual do motocross brasileiro.

"Que venha a 7ª edição! Grande abraço; braaap!" convida Tomaz Di Rago Paim, piloto e filho do casal anfitrião.