ONG é criada com foco na prevenção à depressão e ao suicídio

Objetivo é oferecer atendimento psicossocial, cursos e prática de esportes

20/09/2019 Saúde Edição 260

Foi fundada recentemente em Paty de Alferes a ONG Reviva, que visa prestar atendimento psicossocial às vítimas de depressão. O objetivo é atuar no resgate da vida e valores, principalmente dos jovens.

Segundo o presidente da ONG, Marcelo Bizerra, "A proposta do grupo é fazer um trabalho cotidiano que resgate as pessoas, possa dar amparo. Precisamos dar uma resposta a esse mal que atinge os nossos jovens". E complementa: "Queremos mobilizar a sociedade para que possa atuar de forma preventiva. Também queremos contar com voluntários que, de alguma forma, doando parte do seu tempo, contribuam neste objetivo, que é o cuidado com os jovens da nossa cidade e região".

Casos no Brasil

Em 2017, foram quase 12 mil mortes por suicídio no Brasil, que é o oitavo país com maior índice de casos no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), além de casos de depressão e transtorno bipolar que atingem milhares de pessoas. 

Pesquisa realizada pela Isma-BR (International Stress Management Association) em 2019 mostra que no Brasil cerca de 72% dos mais de 100 milhões de trabalhadores sofrem com algum problema de estresse. A maior incidência ocorre nas profissões que têm contato com as pessoas. Para tratar desses milhares de casos, a prevenção, com atenção às pessoas, é o caminho para mudar essa situação e a primeira medida pode ser a educação.

Cursos, música e esporte 

A ONG nasce justamente em um mês importante, quando acontece o Setembro Amarelo, que alerta para a situação de milhares de pessoas que precisam de algum tipo de ajuda neste momento. A proposta associa a cor ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, que ocorreu no dia 10 de setembro, promovendo na sociedade um debate sobre o tema, este que muita gente tem medo de conversar.

Além de prestar atendimento psicossocial para vítimas da depressão, a ONG Reviva vai desenvolver projetos ligados à música, inglês, informática, ginástica para idosos, taekwondo e jiu-jitsu.

Para o psicólogo e diretor de Saúde da ONG Reviva, Júlio César Vieira Borges Júnior, "Esse é um assunto que precisamos debater abertamente com a população. Há pessoas passando por sérios problemas de depressão e que precisam de um local que possa atendê-las e iniciar o tratamento. Essa é a nossa contribuição e temos certeza que será vitoriosa para tantos que precisam".    

"A ONG Reviva nasce com a preocupação de entender a realidade e os anseios das pessoas que passam por um momento difícil. A realidade atual é preocupante, um momento de crise econômica, desemprego, violência e falta de perspectiva. Por isso, queremos desde já atender as pessoas que precisam desse acolhimento", finaliza Marcelo Bizerra. A ONG atenderá na Rua Santos Dumont, nº 730, Pedras Ruivas - Paty do Alferes.

 

Legendas: 

Foto 1 Reviva - Presidente da ONG, Marcelo Bizerra, destaca a importância de cuidar da juventude e apresenta as ações da entidade

Foto 2 Reviva - Marcelo Bizerra e psicólogo e diretor da ONG, Júlio César, comemoram o lançamento do projeto para atender a população de Paty e região