Felipe Machado sobre Fidel

"Hoje muitas crianças vão dormir na rua. Nenhuma delas é cubana"

 10/12/2016     Opinião   
Compartilhe:       

Ninguém no mundo é 100% bom ou 100% ruim. Fidel não seria o único a ter exclusividade em um dos lados. Há vários aspectos dele que são dignos de heróis de filmes e alguns que, embora condizentes à época, não são bem aceitos hoje em dia.

 

A revolução cubana se deu pela dominação americana feita na ilha, e somado a isso, toda a "incompetência" de Fulgêncio Batista no poder. Os cubanos morriam de fome, enquanto a ilha deles era utilizada para americanos se divertirem em belos cassinos.

Devia ser difícil morrer de fome e ver uma galerinha não se importando com isso. Mais difícil ainda quando o seu chefe político estava preocupado em fazer lobby com os EUA.

Nisso tivemos a revolução cubana. Ernesto e Fidel, além de outros, se juntaram e expulsaram essa gente.

Aí para quem fala: "ah, eles mataram milhares."

Pequeno gafanhoto, óbvio que eles mataram milhares. Essa porra se chama revolução por algum motivo! A bastilha não caiu com ninguém cantando Chico Buarque, foi na base da porrada e sangue. As revoluções sempre foram e sempre serão assim.

Fidel conseguiu resistir há anos de embargo econômico. Cuba é uma ilha ridiculamente pequena e sem grandes riquezas naturais. Muito fácil você perder pra alguém, embargar essa pessoa, e falar que a revolução dela deu errado.

Fidel, mesmo com o embargo, conseguiu desenvolver a medicina de Cuba e conseguiu, por consequência, ter uma das menores taxas de mortalidade infantil do mundo (menor que a nossa e que a dos EUA)

Fidel nunca invadiu nenhum país, ajudou os países africanos a se libertarem de colonizações "abusivas" e apoiou o fim do apartheid na África do sul (diferentemente do que os EUA fizeram).

Não era santo, ninguém é.

Você tem todo o direito do mundo de não gostar dele. Mas você não tem o direito de renegar a ele uma posição de importância ímpar na história. Ganhar uma guerra dos EUA é moleza. Vietnã já ganhou. Mas ganhar deles, fugir da morte encomendada por eles e morrer com 90 anos, só ele conseguiu.

"Hoje muitas crianças vão dormir na rua. Nenhuma delas é cubana"

Ps 1: Fiz comparações com os EUA por motivos óbvios, e nem vou explicar o porquê.

 

Ps 2: Se você é contra mortes de inocentes, nunca dê apoio a países que invadem as terras dos outros em busca de "armas químicas".