Aline Barros bate recorde de público em Miguel Pereira

Segundo a Polícia Militar foram mais de 10.000 pessoas

 11/03/2017     Gospel   
Compartilhe:       

A praça do centro de Miguel Pereira se transformou num espaço de música gospel durante o mega show promovido pela Prefeitura de Miguel Pereira, no sábado, dia 4/3.

Além da presença do prefeito André Português e seu vice, Pedro Paulo Quinzinho, o destaque do evento e marco na história da cidade, foi o primeiro show Gospel aberto ao público no centro da cidade, contando com a presença da carismática cantora gospel Aline Barros, que subiu ao palco às 22:30 horas. Segundo levantamento da Polícia Militar, o público presente foi superior a 10 mil pessoas, cantando junto com ela seus grandes sucessos. “Esse foi mais um evento realizado pela Prefeitura e planejado para ser mais um momento de fé, de louvor, de adoração e reunião das famílias em nosso município”, comentou o Prefeito André Português.

O show foi anunciado pelo Prefeito, que afirmou sua felicidade em terminar uma semana festiva na cidade sem maiores ocorrências. "Iniciamos o carnaval na sexta-feira e finalizamos hoje, uma semana de festa, alegria, respeito e amor. Fico feliz em saber, de acordo com as autoridades, que fomos umas das poucas cidades em que não houve ocorrências graves."

O planejamento da Prefeitura, junto com a Secretaria de Turismo, é tornar o sábado após o Carnaval, num momento de adoração e de louvor, fechando a semana sempre com um show gospel para a população. "Além de termos trazido entretenimento para todos os munícipes, conseguimos aproveitar os recursos já utilizados no carnaval, como palco, iluminação e banheiros.", disse Renatinho da Construção.

O show reuniu canções de impacto da artista, incluindo “Graça” (2013), vencedor do Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa em 2014. Segundo a cantora, também não ficaram de fora outras músicas conhecidas de sua carreira, como “Sonda-me, Usa-me”, “Apaixonado” e “Vitória no Deserto”, uma das faixas que mostram bem a pegada pop-rock do trabalho.

Aline diz que considera a música uma linguagem universal, e que suas músicas e trabalhos sociais não são pensados apenas para os evangélicos. As mensagens das músicas, para ela, oferecem conforto para uma vida atual, corrida e cercada de notícias ruins. “Temos tanta coisa acontecendo, como a crise financeira em nosso país, cidades envoltas de  violência e famílias sendo destruídas pela maldade, que tudo isso somado, pesa, fazendo com que muita gente sofra de depressão, e fique angustiada”, analisa. “Quando você leva uma mensagem de alegria e de amor para o coração de alguém, isso vai além da religião”.

Prefeitura prolonga carnaval e traz público novo para o comércio

O Prefeito usou a estrutura já montada e prolongou a semana do carnaval com a maior cantora gospel da atualidade. Aline Barros é campeã de público, venda de CDs e por onde vai arrebata multidões, e em Miguel Pereira não foi diferente. O show de sábado lotou a cidade, que normalmente volta ao ritmo habitual, mas com o show gospel a cidade e os comerciantes tiveram um público que geralmente na época do carnaval vão para os vários retiros, mas neste sábado, vieram prestigiar a mega estrela gospel Aline Barros.

Comerciantes comemoram

Do sorvete à carne grill, o sucesso de público foi em todos os segmentos. Segundo um dos funcionários de um restaurante especializado em carnes grelhadas, “normalmente ficamos lotados em todos os sábados, mas nesse, ouve uma rotatividade de mesas muito superior à média dos sábados. Lotamos por várias vezes,” concluiu.

Já o sorveteiro da esquina disse que “não esperava e vendi todos os sorvetes. Deveria ter me preparado melhor, mas no ano que vem, venho com duas carrocinhas”, concluiu feliz da vida.

Custo do evento

Segundo o prefeito André Português, o show da Aline foi o mais em conta para o município. “ela veio por ligações pessoais com o pastor Gilmar Jorge, com quem ela é casada, e na visita que ele fez ao município em janeiro, prometeu trazer esse show por um custo que o município pudesse pagar, e foi isso que aconteceu” disse o André.