Moqueca de peixe ou banana

A moqueca tem origem indígena, o nome vem da palavra "moquear", que em tupi significa "assar em fogo lentamente".

 28/08/2020     chef Fred Tibau      Edição 307
Compartilhe:       

Atendendo a pedidos da nossa leitora Regina Monte Mor, de Avelar, Paty, vamos fazer hoje uma receita de moqueca. Eu amo fazer e comer esse prato, por isso vou dar um toque vegetariano a ela e vamos substituir o peixe por banana-da-terra, mas quem preferir a receita com peixe, sugiro esses aí, ok!

Origem do termo

A moqueca tem origem indígena, o nome vem da palavra "moquear", que em tupi significa "assar em fogo lentamente".

Tipos de moqueca

No Brasil, nós temos dois tipos de moqueca: a baiana e a capixaba. A diferença entre elas está em alguns ingredientes. A baiana leva azeite de dendê e leite de coco, já na capixaba usa-se muito urucum e geralmente não leva os pimentões que na versão baiana entram em três cores (vermelho, amarelo e verde, que não pode faltar).

Vamos a nossa receita, que você em casa pode fazer substituindo a banana por peixe de cor branca, como tilápia, cherne, dourado e cação.

Ingredientes:

8 bananas-da-terra não muito maduras

½ coco seco 

500 ml de leite de coco

2 pimentões verdes

1 pimentão amarelo

1 pimentão vermelho

3 tomates em rodelas

2 cebolas em rodelas

6 dentes de alho laminados

50 ml de azeite de dendê

1 maço grande de coentro

2 pimentas de cheiro

1 pimenta dedo-de-moça sem as sementes

300 ml de caldo de legumes

Modo de preparo:

Corte as cebolas, os pimentões, os tomates e as bananas (ou o peixe de sua preferência) em rodelas e o coco seco em tiras. Aqueça uma panela de barro ou de ferro, de preferência, e coloque metade do azeite de dendê. Disponha primeiro as rodelas de cebola, em seguida os pimentões e os tomates e por cima as bananas -  pode colocar os alhos laminados junto com a banana. Adicione o leite de coco e o caldo de legumes e deixe ferver por 20 minutos com a panela tampada. Depois, abra, adicione as pimentas cortadas em cubos, o coentro picado e o sal a gosto.

Eu adoro essa receita! Você pode servi-la com arroz branco ou cuscuz de milho e farofa de dendê.

Fico por aqui e até a próxima receita com Fred Tibau.